terça-feira, 18 de agosto de 2009


Recebi um e-mail hoje e ri muito, as loiras que me desculpem, mas eu tinha que repassar isso...

Carta da mãe loira.

Meu querido filho Frederico

Escrevo estas poucas linhas que é para saber que estou viva.
Escrevo devagar porque sei que não gosta de ler depressa. Se receber esta carta, é porque chegou. Se ela não chegar, avisa-me que eu mando outra.

O teu pai leu no jornal que a maioria dos acidentes ocorre a 1 km de casa. Por isso, mudamo-nos pra mais longe.

Sobre o casaco que queria, o teu tio disse que seria muito caro mandar pelo correio por causa dos botões de ferro que pesam muito. Assim, arranquei os botões e coloquei-os no bolso. Quando chegar aí, pregue-os de novo.

No outro dia, houve uma explosão no botijão de gás aqui na cozinha. Teu pai e eu fomos atirados pelo ar e caímos fora de casa. Que emoção! Foi a primeira vez em muitos anos que o teu pai e eu saímos juntos.

Sobre o nosso cão, o Rexlino, anteontem foi atropelado e tiveram que lhe cortar o rabo, por isso toma cuidado quando atravessar a rua.

Tua irmã Laura vai ser mãe, mas ainda não sabemos se é menino ou menina. Portanto, não sei se vai ser tio ou tia..

Hoje, teu irmão Valclintone me deu muito trabalho. Fechou o carro e deixou as chaves lá dentro. Tive de ir em casa, pegar a reserva para a abrir. Por sorte, cheguei antes de começar a chuva, pois a capota estava abaixada.

Ah! E eu voltei a estudar, só que acho minha professora maluca. Imagine que ela escreve no quadro e eu copio, e depois ela apaga tudo e eu apago também. Porém isto não está sendo mais um problema, por que agora que já sei que ela vai apagar eu não copio mais.

Se vir a Dona Rosinha, diz-lhe que mando lembranças. Se não a vir, não digas nada.

Um beijo, Tua mãe

PS: Era para te mandar os 300 reais que me pediu, mas quando me lembrei já tinha fechado o envelope.


Depois de ter lido este e-mail e rir muito fiquei curioso e pesquisei de onde vieram estas especulações de que as loiras são burras. Acabei descobrindo algumas teorias interessantes e as divido com vocês aqui:

"Marilym Monroe foi a primeira Loira Burra da história. Muitos não sabem, mais não é coisa do Brasil o termo "Loira Burra", vem do cinema americano, de Hollywood, mais exatamente de 1953 do filme "Os Homens Preferem as Loiras". Filme esse estreado por Marilyn. Na película ela assume o papel de Lorelei Lee, uma loiríssima que seduz milionários e vive às turras com os idiotas.
Um detalhe curioso é que Monroe é morena, ficou loira por conselho de seu empresário na época. Ele acreditava que ela conseguiria melhores papéis assim, e não deu outra, entrou pra história.
O filme foi baseado em um livro de Anita Loos, escritora americana. Essa que teve a ideia da história durante uma viagem de trem quando se matava de carregar uma pilha de malas, enquanto ao lado, um bando de marmanjos carregam as malas e bajulavam uma loira.

Uma pesquisa feita pela Universidade de Coventry, na Inglaterra, mostra que os homens preferem as loiras, mas as acham menos inteligentes.

Mais tarde Gabriel O Pensador gravou a música "Lôra Burra" e desciminou ainda mais o termo. Digamos que ele mostrou a realidade de hoje, as mulheres buscam mais a beleza do que o conhecimento, bem, talvez seja por que os homens as querem assim.

Há uma outra história ainda - sem qualquer fundamento, por isso não acreditem muito - de que na Roma antiga, as mulheres para ficarem mais belas descoloriam os cabelos. O problema é que a mistura para descolorir as vezes ficava forte demais. E elas ficavam com os cabelos totalmente brancos. As que conseguiam essa façanha então eram chamadas de Loiras Burras."


É caros amigos, nem tudo é o que parece. É estranho pensar que o ponto de referência para loira burra original é uma morena.

8 Responses so far.

  1. aline a. says:

    kkkk, ri muito com a história Diego!

    as mulheres buscam mais a beleza do que o conhecimento, bem, talvez seja por que os homens as querem assim. concordo com isso. Claro que, como toda regra, tem sua exceção, isso não ocorre com 100 % das mulheres, e eu sinceramente fiquei chocada ao saber que o termo começou com a marylin, que era morena. Tá aí o fato, não são as loiras que são burras, mas as mulheres que acham que beleza é tudo. Gotei do texto :)
    Beijos :*

  2. haeoiheaiohaeio eu vi uma pesquisa feita com loiras ruivas e morenas, e realmente, as loiras sao "mais bonitas", atraem mais homens do que as outras....eu particularmente prefiro uma morena ou uma ruiva exotica =P mas devo admitir, as loiras q eu conheço sao mais bobinhas q as morenas haoiehioaehioea

  3. Rê :) says:

    HAUHAUAHAU eu já tinha visto isso, mas me matei rindo de novo! Muito boa!

    Thanks por passar lá no blog!

    Bjos ;)

  4. Bruna says:

    AHSUAHSUAHSUAS me matei de rir aqui.Muito bom!
    Adorei o Blog viu?Irei te seguir e passar sempre por aqui *-*

    Beijinhos :*

  5. Diego, Rachei de rir...
    É gostei muito da informação. É sempre bom ter algo assim mais concreto pra informar...
    legal ter passado no Ká entre nós. Já estava sentindo sua falta por lá.
    Abraço, Jay

  6. Já virou classico zuar as loiras, mas vejo mais como uma brincadeira saudavel, tanto que seja com todo respeito, até porque, nem todas são burras, e também tem muitas morenas muito piores.

    Abraço.
    Parabéns pelo blog.

  7. kkkkk Sempre recebo esse e-mail como sendo a "mãe portuguesa".
    Bem, sobre as loiras, é descriminação geente! kkk (não sou loira juro)

    Amei aqui, obg por passar no meu blog. Volte sempre!

  8. Raissa says:

    Ixi...Tudo bem que detonam as loiras mas devo adimitir que nem todas são assim...a Historia foi muita engraçada eu realmente rachei de rir. mas naun faria umas coisas dessas..rsrs
    P.S: eu sou loira..rsrs

Translate this blog

Mascote

Get the

Arquivo

About

Creative Commons

licença creative commons
O Blog "Delírios do Di" de Diego Barros É licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs.
Based on a work at www.deliriosdodi.blogspot.com.

- Copyright © Diego Barros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -