quarta-feira, 31 de março de 2010


(Diego Marques)


Não encontro palavras,
Para dizer o que sinto.
Só sei que é mais forte que eu,
E a ti não resisto.

Já tentei fugir,
Mas não encontrei abrigo.
Se estou longe de ti,
Me sinto em Perigo.

Necessito sentir-te,
Ouvir a tua voz...
Ou Talvez apenas sonhar,
E acordar pensando em nós.

Lágrimas rolam em meu rosto,
Manchando minha pele com desejo
Desejo de ter você,
De sentir teu beijo.

Quem sabe a gente ainda se encontre...
O destino está traçado.
E aí você me olha e reconhece,
O meu olhar apaixonado.

4 Responses so far.

  1. Dan! says:

    Oi, saiu o resultado do finalista de cada categoria do Concurso, passa lá pra pegar o Selo, e em breve terá promoção Final! Abraços!

  2. Muito bom Marques.. Valeu pela visita.
    O destino é a ponte que leva você a pessoa amada.
    Abração!

  3. Seleyde says:

    Di... esse poema é maravilhoso!!!

    Te adoro. Bjim Bjim.

  4. Seleyde says:

    Oi Di...sempre venho aqui te visitar quando a saudade aperta. Este poema eu leio quase todos os dias, acho ele muito lindo... Recebeu o meu e-mail sobre "Pra que serve um amigo"? Espero te ver em breve.Bjinhos...Bjinhos...

Translate this blog

Mascote

Get the

Arquivo

About

Creative Commons

licença creative commons
O Blog "Delírios do Di" de Diego Barros É licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs.
Based on a work at www.deliriosdodi.blogspot.com.

- Copyright © Diego Barros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -