terça-feira, 14 de setembro de 2010

No dia em que Pierre nasceu, uma nova estrela brilhou no céu! Anjos louvavam e emanavam bênçãos à sua alma.
Cresceu em um ambiente confortável, rodeado de amigos e pessoas que o amavam.
Aprendeu sobre o certo e o errado, era um rapaz solidário e de bons costumes.

Mas Pierre achava que seu mundinho era cada vez mais limitado e em seu peito existia uma enorme vontade de extravasar, romper as barreiras, destruir obstáculos. Queria voar para o infinito, descobrir o que havia além mar.
Ele vivia em um planeta de guerras em que as pessoas aventureiras não eram bem vistas, onde ser tradicional era seguir as regras e nunca reclamar da vida.
E ele estava insatisfeito...
Porém insatisfação não cabia no dicionário particular de Pierre, e ele sem ao menos pestanejar se lançou no habismo da perdição, buscando por novas cores, novas fontes, novos lugares, uma nova vida. E assim fez descobertas maravilhosas, mas não tinha com quem dividir.
Foi abandonado por todos. Ninguém gostava de um fora da lei.
Passou fome e vagou pelo deserto dos exilados.
A Depressão tomou conta de seu coração, Pierre se sentiu só, e preguejou contra seu criador.
Renunciou as bênçãos dos anjos, foi abandonado por Deus.
Mas alguém o seguia, alguém que era um novo e fiel amigo, o Diabo.
Pierre descobriu a traição, a violência, a vida sem pudor.
Teve sede de sangue... fome de vingança...
Tornou-se um monstro.
Teve prazer em experimentar a carne humana.
Sua alma abandonou seu corpo, e o ódio absoluto, munido de trevas e poder reinou em seu corpo.
Chorou apenas uma vez na vida. lágrimas de sangue... que ao entrar em contato com o fogo do inferno, originou seu filho expectral, o anjo da morte.
Pierre... Monstro... Profano Pierre!
Olhar em seus olhos, era sentir a dor mais profunda de um homem.

Sentir o teu cheiro era como sentir a morte nos abraçar.
Sentir o teu toque, era ter certeza do mal.
Render-se aos seus encantos diabólicos, é o fim.
Pierre nunca se arrependeu de seus feitos, e por ser tão frio assim, foi nomeado braço direito do Diabo, seu sucessor talvez... Pierre anda entre nós, e podemos notá-lo com horror...
Pierre está em todos nós... Pierre é o lado negro que existe em cada ser...

[Diego Marques]


4 Responses so far.

  1. Oi Dih...

    Exclui os comentários acima porque estavam cheio de erros (ops! que vergonha!rsrs). Me desculpe!!!

    Ele dizia assim:

    Será que Pierre pode ser corrompido!?

    E que pode ser chamado de "o lado negro do ser humando?

    Acho que Pierre é o que todos gostaríamos de ser e temos medo...

    Muito bom seu post!

    Com carinho e saudade.
    Sil.

    Obs: Grata pela visita tão rara! Beijo...

  2. Ah!!!

    Os selinhos são apenas uma breve demonstração de nossa amizade! Que sempre existirá!

    Eles são três. E quero vê-los aqui e o meu nome é claro!rsrs.

    Beijo pra ti Amado Amigo...

  3. H.Brayan says:

    caro Di...
    Poxa... é uma historia realmente muito forte , e lamento dizer que não me é estranha.

    Acho que pierre é réu da própria causa:

    "onde ser tradicional era seguir as regras e nunca reclamar da vida."

    talvez os anjos que o abençoaram ou até mesmo o seu criador ja sabiam de seu destino, não digo isso de forma negligente, pois sei que ele é totalmente capaz de entender seus conceitos do mesmo jeito que é capaz de lutar pelos mesmo se assim o achar justo.

    outro ponto importante é a opção da partida , quando pierre sai de seu mundo a procura dos seus desejos de liberdade , talvez ele não estivesse pronto para voar ,ou quem sabe não sabia nem para onde iria, como seguir aquilo que não se encontra, e isto me leva a ultima observação, pierre foi corrompido pelo próprio coração, seus ideais libertais fizeram que sua utopia o exila-se, permitindo que fosse destroçado por peculiaridades inferiores ao quando ser que ele realmente é...

    ...e se pierre tivesse um outro nome? e se não se corrompesse? e se ele lutasse pelo que lhe é de direito? ..talvez pierre consiga achar sua liberdade na estrela que nasceu junto com seu nascimento... uma força maior que o céu ou o inferno... quem sabe?

  4. Bom... só não vou excluir de novo o meu comentário (porque ainda tem erro "humando", nossa!!! Aff!!!) Ainda bem que errar é HUMANO! Acho que é o efeito dessas leituras do Dih, que estão me causando Delírios Ortográficos!Pierre é muito instigante...

    Então, depois do comentário do Brayan, se eu não o conhecesse e o reconhecesse como uma pessoa maravilhosa que é, eu ficaria com vergonha do que escrevi e ficaria somente como o comentário dele.

    Mas,deixemos que Pierre escute o que todos tem a dizer!

    Beijos pra ti Amigo.
    Sil. Com carinho.

    Obs. Os selinhos ficaram lindos ali do lado!

Translate this blog

Mascote

Get the

Arquivo

About

Creative Commons

licença creative commons
O Blog "Delírios do Di" de Diego Barros É licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs.
Based on a work at www.deliriosdodi.blogspot.com.

- Copyright © Diego Barros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -