segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

(Diego Marques)

Os primeiros raios de sol entram por minha janela, para me resgatar dos devaneios meus, e eu enfim posso despertar. E antes de abrir os olhos, antes mesmo de acordar, eu penso em você, minha alma chama seu nome.

As horas parecem não passar, e eu brigo com o relógio, porque a saudade em meu peito sufoca, porque sei que só quando você voltar é que serei verdadeiramente feliz.

E eu fico aqui a te esperar. Como se minha vida dependesse disso. A cada minuto minha ansiedade vai ficando mais forte. O telefone chama, a campainha toca, e a cada decepção que sofro ao ir atender, atenua mais a vontade de te ver.

Longe de ti, nada tem cor, o alimento perde o sabor. O vazio que sinto no peito dói, a cada batida do coração. Mas é preciso suportar a dor, porque essa distância é momentânea, e é só um pequeno preço a se pagar.

Me pego pensando no que você estará fazendo, se está feliz, segura, se pensa em mim. E concluo que me apaixonei, e já não posso viver sem ti.

Até que você chega, e eu por fim me sinto completo, seu cheiro me alegra, sua presença me conforta, e para mim não existe mais ninguém. Só você e eu, pois quando estou contigo nada mais importa.

E eu perdido em seu olhar, enfeitiçado por sua bela voz, me deixo envolver em seus braços e neste momento as horas voam, como se o relógio tivesse ciúmes de nós, trabalhando rápido para nos separar.

Chega o momento da despedida, porém não quero te deixar ir. É como se metade de mim fosse arrancada. Mas já é noite, estamos absortos no luar, é preciso dormir. Mesmo que o sono tarde a vir.

Abraçado ao travesseiro, tento me manter feliz, com a esperança de te ver novamente, e de olhos fechados adormeço. E te encontro nos meus sonhos, estamos juntos de novo, mesmo que seja sonho, é muito real para mim. É como se minha alma encontrasse a sua. Estamos em sintonia.

Já não tem como fugir, nem há para onde escapar. Você é minha vida e eu nasci para te amar.

2 Responses so far.

  1. Oi Dih...

    Fiquei sem palavras...

    Parece tão verdadeiro! Se for! Fico imensamente feliz de saber que o amor acontece em algum lugar... de forma real e possível. É de amores assim que precisamos. E você mereçe!

    Beijo
    Com o amor de sempre
    Sil
    Sempre aqui

  2. [Haaaa] o amor..
    O melhor sentimento que o ser humano pode retribuir.
    Estou ti seguindo

    Bju

Translate this blog

Mascote

Get the

Arquivo

About

Creative Commons

licença creative commons
O Blog "Delírios do Di" de Diego Barros É licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs.
Based on a work at www.deliriosdodi.blogspot.com.

- Copyright © Diego Barros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -