sexta-feira, 6 de maio de 2011

(Diego Marques)

Provando do mais belo de todos os festivais gregos,
Regado a mulheres devassas e vinho do mais doce sabor amargo.
Brilhantes Híades das noites de Janeiro
Iluminando as formas de um mortal ludibriado.
Io! Io! Bromios! Io! Io! Dendrites!

Mulheres místicas esbanjando luxuria e sensualidade,
Mais belas que a princesa Sêmele amada por Zeus.
Sátiros em transe da intoxicação que funde o bebedor a deidade
O Prazer orgíaco quase selvagem do sangue de Dionísio nosso deus!
Io! Io! Eleutherios! Io! Io! Enorches!

Eu ali, imberebe, risonho e desinibido,
No Festival de Lenaea, mesclando êxtase à arte
Provando o mais sublime cortejo a mim atribuido
Entregue a insanidade, junto a bacantes de pouca idade
Io! Io! Bacchus!

Já não sabia o significado de pudor,
O importante era sentir, tocar, beber, beijar
Ao deus maravilhoso, nosso deus libertador!
Ouço seu cântico, e seu mantra quero gritar:
Io! Io! Diónisos!

4 Responses so far.

  1. Nossa, que exaltação, que poema extasiante esse, deu até vontade de gritar:

    Aaaaaaaaaaaaaaaaaaah!


    Massa!


    F.

  2. Oi Dih... Meu Amigo Querido!

    Vindo aqui com mais tempo. Agora pude ver o quanto ficou "lindo" tudo aqui. Adorei e adorei! Gostei das letras em vermelho.

    Mas não vou comentar muito, para que vc não pense que estou querendo decifrá-lo.

    Deixo meu beijo... e meu amor de sempre, o mesmo amor de antes.

    Sil

  3. Nossa amigo que layout lindo!
    Agradecemos o carinho de sua visita. Adoro essas festas Dionisíacas, hehehehe
    Vou estar sempre por aqui ok?
    Bju
    Jay

Translate this blog

Mascote

Get the

Arquivo

About

Creative Commons

licença creative commons
O Blog "Delírios do Di" de Diego Barros É licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs.
Based on a work at www.deliriosdodi.blogspot.com.

- Copyright © Diego Barros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -