quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

(Dionísio Brito)

Não serei carente de você
Tampouco compartilhrei minha dor
Não quero mais fingir entender
Embora ainda exista amor

Não vou mais andar descalço
Pois não sei onde piso
Tento andar passo a passo
Porém nunca fui bom nisso

Não quero viver um amor mentiroso
Preciso sentir o vento soprar
Esquecerei seu jeito dengoso
Não preciso...
Mas vou me afastar

One Response so far.

  1. Lindo o poema...porém triste. TT

Translate this blog

Mascote

Get the

Arquivo

About

Creative Commons

licença creative commons
O Blog "Delírios do Di" de Diego Barros É licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs.
Based on a work at www.deliriosdodi.blogspot.com.

- Copyright © Diego Barros -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -